Um pouco sobre cerveja

o-mundo-da-cerveja-6

Gosta de cervejas? Então chega mais.

Me chamo Marcel Lopes, tenho 37 anos, nascido no Rio e criado em Niterói, (Nikity, para quem é daqui) e me convidei fui convidado pela Lelê Navarro, para falar sobre o líquido sagrado nosso, de cada dia. Trabalho com TI, e nos fins de semana, fotógrafo.

O mundo das cervejas tem crescido rapidamente, pelos quatro cantos do Brasil. Onde você for, encontrará uma Micro cervejaria, ou algumas maiores. Temos cervejas para todos os tipos de paladares e bolsos. Cervejas ótimas custando entre 5 a 6 reais, até as que custam 40 reais ou mais, isso as de solo brasileiro! Lá fora tem mais caras. São vários estilos de cervejas, várias siglas nos rótulos, e também várias escolas cervejeiras diferentes. É um universo infinito de aromas, cores, sabores e porque não, texturas também.

.                                      o-mundo-da-cerveja-2                o-mundo-da-cerveja-3

A que estou bebendo hoje, é a Beck’s. Uma Premium American Lager, alemã. Concorrente direta de outras American Lagers, como Stella Artois, Heineken, Grolsch e Carlsberg. Não é fácil de encontrar pelos bares do Brasil, comprei no site Empório da Cerveja lá também tem este copo, de 300ml. Com a chegada do verão, esta cerveja é uma boa pedida, pois tem uma ótima drinkabilidade, que significa… é fácil de beber.

o-mundo-da-cerveja-4

Se você tem costume de beber Stella Artois, Heineken ou até mesmo Budweiser, não terá dificuldade com a Beck’s, pois são muito parecidas, mas claro cada uma com o seu sabor próprio. As Lagers são muito indicadas para o verão brassileiro, por serem leves, em relação a outros estilos, e também bastante refrescante. Cai bem para um fim de tarde.

Um pouco sobre a história da Beck’s

o-mundo-da-cerveja-5

A história da cerveja BECK’S começou no dia 27 de junho de 1873 quando o grande mestre cervejeiro Heinrich Beck, o engenheiro Lüder Rutenberg e Thomas Bay, se uniram para formar a cervejaria Kaiserbauerei Beck & May, na cidade de Bremen no norte da Alemanha. A primeira cerveja, batizada de BECK’S PILSNER PREMIUM, foi produzida de acordo com a conhecida Reinheitsgebot ou Lei da Pureza da Cerveja, que data de 1516, onde a cerveja deveria ser feita somente com malte de cevada, lúpulo e água. A cerveja imediatamente era vendida para as tavernas e pequenos estabelecimentos da cidade de Bremen. No ano de 1875 a cervejaria adotou o nome Kaiserbauerei Beck & Co., depois da saída de Thomas May da sociedade.

No ano seguinte surgiriam três ícones da marca: a chave que aparece nos rótulos da cerveja e que representa a “Key of Bremen” (chave da cidade de Bremen), o rótulo oval e a tradicional garrafa verde (para que a luz não alterasse o sabor da cerveja), uma grande inovação para a época já que as outras cervejas eram vendidas em garrafas de cor âmbar. Era o início do nascimento de um ícone alemão do segmento de cervejas.

o-mundo-da-cerveja-6

Mas o que difere o sabor das cervejas? Esse assunto é gigante para ser discutido, mas posso adiantar que, o tipo de malte (maltados e/ou não maltados), da quantidade e os tipos de lúpulos, a escolha do fermento para cervejas de alta e baixa fermentação, e até mesmo o processo de fabricação. A escolha dos ingredientes e suas quantidades faz toda a diferença na hora de criar a cerveja.

Tem alguma sugestão? Alguma dúvida? Gostou do texto? Quer que eu continue escrevendo mais, sobre o assunto? É só deixar um comentário aqui no blog. Na próxima, a primeira rodada é por minha conta!

Fonte:

História da cervejaria Beck’s – Blog mundo das marcas





Você também pode gostar...

PhotoGrid_1519008572491

Coleção Check-in da Amaro
(19 de fevereiro de 2018)

A Páscoa encantada de Stefan Behar
(13 de março de 2018)
como-usar-bermudas-e-shorts-0

Como usar bermudas e shorts
(29 de setembro de 2016)