Dia dos Namorados Solteira

13 - Dia dos Namorados Solteira

Mais um Dia dos Namorados sozinha e talvez vocês devem pensar: coitada da Lelê, sozinha nessa data! Ou talvez alguns pensem: como essa mulher incrível está sozinha? Confesso que já passei essa data beeem triste por não estar com alguém, apesar das possibilidades, continuava sozinha e ficando triste nessa data. Estou contando isso porque sei que muitas pessoas estão se sentindo mal nesse dia, mas hoje estou feliz, mesmo sozinha.

4 - Dia dos Namorados Solteira  6 - Dia dos Namorados Solteira

Os últimos seis meses foram muito intensos para mim, sempre passava por momentos de tristeza profunda por uma questão que sabia que precisava superar, mas nunca superava de fato, porque sempre “superava” sozinha. Até que há seis meses estava mal novamente e fui fazer terapia, para conseguir superar o sofrimento que sentia por ter sofrido bullying durante toda a infância e adolescência… Vocês devem estar perguntando: e o que isso tem a ver com o Dia dos Namorados? Bom, tem tudo a ver para mim, porque tudo isso do passado estava interferindo no meu presente e fazendo não conseguir me envolver de verdade com alguém.

  2 - Dia dos Namorados Solteira  10 - Dia dos Namorados Solteira

Como Fernando Pessoa dizia: “Enquanto não atravessamos a nossa própria solidão, continuaremos a nos buscar em outras metades… Para viver a dois, antes, é necessário ser um.” Sabia que precisava um momento da vida enfrentar os meus problemas, tinha medo do que precisaria enfrentar dentro de mim, mas quando a dor de viver é mais forte… O único jeito é MUDAR! Sei que o que estou escrevendo é extremamente pessoal, mas estou partilhando com vocês, porque sei que tem muuuitas pessoas passando pelo mesmo! E saibam que existe uma luz no fim do túnel e com um bom terapeuta vocês conseguirão encontrar esse caminho.

9 - Dia dos Namorados Solteira  8 - Dia dos Namorados Solteira

Esses últimos meses foram super intensos, passando por uma tempestade interna, mas hoje vejo o brilho do Sol mais lindo que já vi na vida! Aos poucos estou me sentindo leve, plena e feliz. Realmente percebi que precisava me sentir inteira sozinha, para quem eu encontrar viva alegrias junto comigo e não tenha o peso de ser a alegria da minha vida – ninguém pode carregar uma responsabilidade tão grande. Ou seja, fiz o que Willian Shakespeare dizia: “Plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.” Agora sinto a minha alma calma e florida, pronta para amar de verdade alguém.

E aí, gostaram do post? Se tiverem alguma dúvida ou sugestão de pauta, deixem nos comentários ou no Instagram do Blog. Se gostaram do post deem like, compartilhem e não deixem de cadastrar os seus e-mails na newsletter do site (VEJAM o lixo eletrônico). Beijos!

Imagens: Pinterest





Você também pode gostar...

Top 10 posts do ano de 2014
(7 de janeiro de 2015)

Voltando à escrever…
(7 de junho de 2015)

Minha primeira vez no SPFW
(17 de abril de 2015)

Dia Internacional da Gentileza
(13 de novembro de 2014)